O video abaixo, dará ao leitor grandes dicas de como tratar a sua fibrose peniana, você já ouviu falar?

Médico descreve como pode ser feita a cirurgia de fibrose peniana.
E deixa bem claro que são poucos os especialistas experientes no tratamento destes, dois tipos de fibrose. Quando ambos estão associados é muito importante que seja identificado pois isso irá garantir o melhor resultado de alongamento, rigidez e calibre. Para obter um diagnóstico preciso o Dr. Paulo realiza o exame funcional do pênis, com ereção induzida artificialmente durante a consulta.
São diversos fatores a ser considerados na correção deste tipo de deformidade complexa, que geralmente exige a combinação de mais de uma técnica (alongar apenas o lado curto ou ambos os lados). Quando há disfunção erétil associada ainda é possível corrigir a curvatura e utilizar as hastes de silicone para solucionar o problema de rigidez. Sempre é fundamental remover as fibroses para garantir a melhor recuperação de tamanho e calibre, até o limite dos vasos e nervos, de acordo com os conceitos publicados da Técnica Egydio. Veja o vídeo para entender melhor a aplicação destes conceitos com o pênis ereto no momento da cirurgia, visando a máxima satisfação do paciente.

Tratamentos para a disfunção erétil

Em muitos casos de tratamento da Doença de Peyronie existe também a necessidade do implante de prótese peniana. Responsável por trazer de volta a qualidade da ereção quando os tratamentos clínicos não surtem efeito, a prótese vai devolver a rigidez do pênis e proporcionar uma vida sexual com qualidade e sem riscos de complicações.

O implante deve ser colocado no mesmo procedimento cirúrgico para correção da curvatura e reconstrução do tamanho do pênis, com a Técnica Egydio. Isso garantirá não só o retorno do tamanho, calibre e formato do pênis, mas também a qualidade de ereção, evitando assim novas incidências de fissuras que podem fazer o problema voltar ou provocar novos episódios.

Para a colocação da prótese, o urologista deve ter experiência no assunto para fazer uma avaliação completa no paciente, destacar as vantagens do implante e também mostrar os seus diferentes tipos.

Vale lembrar que o grau de satisfação do paciente não está relacionado diretamente com a escolha do implante mais caro ou mais barato, mas sim com um modelo que melhor se adeque às suas vontades e necessidades, para retomar a vida sexual da melhor forma.

Quais os tipos de tratamento para essa doença

Tratar a Peyronie é tratar, também, a fibrose, o tamanho e o calibre do pênis mas, principalmente, trazer de volta a firmeza vertical para impedir a formação de novas fibroses que podem fazer a curvatura voltar.

A depender do estágio em que a doença se encontra, o tratamento pode ser iniciado com o uso de anti-inflamatórios específicos, analgésicos e medicamentos para aumentar a circulação de sangue no pênis. No entanto, é possível que seja necessário um procedimento cirúrgico, que é de extrema importância para curar não só a curvatura, mas todas as outras condições que acometem o pênis e são causadas pela fibrose peniana, como a disfunção erétil, a perda do tamanho e calibre.

É importante ter em mente que a Doença de Peyronie sempre provoca uma perda no tamanho do pênis. Isso faz com que o tratamento demande mais atenção, já que é preciso não só corrigir a diferença na elasticidades dos tecidos peniano, mas também recuperar o tamanho do seu amigão.

Algumas técnicas cirúrgicas mais antigas, como a Nesbit, endireita o pênis ao igualar o lado saudável, e mais longo, àquele que foi afetado e encurtado pelas fibroses. Apesar de corrigir a curvatura peniana, esse procedimento provoca um alto grau de insatisfação dos pacientes ao perceberem que o seu pênis diminuiu.

Para uma cirurgia mais eficaz e satisfatória é necessário fazer uma correção baseada em princípios geométricos e associada à uma reconstrução peniana, onde o lado curto do pênis, aquele comprometido pela Peyronie, é alongado até ficar exatamente do tamanho do lado não afetado. Em alguns homens é possível, ainda, identificar uma diminuição em todos os lados do pênis, quando é recomendado expandir os tecidos por completo para o melhor resultado.

Isso garante não só a correção da curvatura, mas também a recuperação do tamanho e calibre do pênis perdidos em decorrência do problema. Este resultado é alcançado com a aplicação da Técnica Egydio, reconhecida internacionalmente como Egydio’s Technique e com patentes nos Estados Unidos e na Europa.

Sempre fique atento á saúde do seu pênis.

Categorias: Novidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *